O Thanksgiving aos olhos de um americano

O Dia de Ação de Graças (thanksgiving) é uma das festas mais importantes dos Estados Unidos. Se você assistir a programas de TV ou ler artigos sobre o primeiro Dia de Ação de Graças, provavelmente eles contarão a história "Verdadeira" do Dia de Ação de Graças, mas eles estão longe da realidade.

Os peregrinos que foram os primeiros colonizadores das Américas eram calvinistas que fugiam da perseguição religiosa do rei Jaime.

Eles queriam a completa separação da igreja da Inglaterra e por isso fugiram para a Holanda. A cultura na Holanda era muito liberal para os calvinistas, eles acreditavam que deveriam viver cada parte de sua vida completamente de acordo com a bíblia. As diferenças culturais fizeram os calvinistas quererem isolar ainda mais sua comunidade.

Assim, procuraram um lugar isolado para se estabelecerem. Nenhum lugar melhor que as distantes terras dos Estados Unidos da América, em um terreno ao norte da Virgínia, que seria chamado Nova Inglaterra.

Os colonos passaram por anos muito difíceis adaptando-se ao seu novo mundo. Os invernos no Nordeste são devastadores e sem a experiência e os equipamentos necessários, tornou sua sobrevivência improvável.

Enquanto isso, um índio nativo americano foi capturado e vendido como escravo duas vezes, seu nome era Squanto. Squanto aprendeu inglês e foi capaz de trabalhar como tradutor. Sua antiga tribo foi exterminada por doenças, então ele foi adotado por outra tribo e trabalhou como intermediário entre os europeus e os nativos americanos. Ele mostrou aos europeus como pescar e como cultivar as culturas locais.

Em um dia de excepcionais colheitas (maiores do que o normal), e um dia antes da chegada de novos colonos foi realizado o primeiro Dia de Ação de Graças em 1623.

O Dia de Ação de Graças não foi oficialmente celebrado até 140 anos depois, quando uma série de editoriais levou o presidente Lincoln a criar um feriado que poderia ser celebrado por todos os americanos independentemente de sua crença.

Substituiu o que ficou conhecido como "Dia da Evacuação", a celebração dos britânicos que deixaram os Estados Unidos após a guerra revolucionária.

O feriado é realizado na 4ª quinta-feira de novembro. Houveram rupturas com a tradição, durante a Grande Depressão, o presidente Franklin Roosevelt subiu uma semana no que foi chamado de "Franksgiving", sabendo que as pessoas compram para o Natal logo após o Dia de Ação de Graças, então ele queria dar aos varejistas mais uma semana de vendas para ajudar a impulsionar o economia.

Nos dias de hoje, a maioria dos americanos segue praticamente as mesmas tradições. Acordamos cedo e começamos a cozinhar de manhã cedo ou tiramos o que cozinhamos na noite anterior.

Normalmente as pessoas assistem ao desfile do Dia de Ação de Graças na TV.

Uma refeição tradicional inclui:

  • Peru

  • Purê de batatas

  • Molho de cranberry (quase sempre fora de uma lata)

  • Recheio

  • Torta de abóbora de batata-doce.

Nos encontramos com a família, e o primeiro jogo de futebol americano acontece por volta do meio-dia, que é quando então começamos a comer. Algumas das famílias mais religiosas fazem uma oração ou são voluntárias em uma cozinha comunitária. No dia seguinte, as pessoas têm pequenas reuniões em suas casas e encontram novas maneiras de servir a comida que sobrou.

No geral, o Dia de Ação de Graças é um dos feriados favoritos dos americanos porque fazemos o que mais gostamos; comemos uma quantidade imensa de comida, deitamos e não fazemos nada e depois fazemos compras. É um dia feito para nós.


Postado em 28 de Nov de 2019.

Compartilhe:


Receba novidades

Continue lendo

Saudações ao redor do mundo

Aprenda 7 maneiras (algumas bem inusitadas!) de dizer "olá" em diferentes lugares do mundo.

Ler mais

The history of pancakes / A história da panqueca

Café da manhã e 'brunch' simplesmente não seriam o mesmo sem uma pilha de panquecas servidas com syrup. Quer saber de onde elas vieram? Esse post é pra ti :)

Ler mais